" Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino".

Paulo Freire

NTE Ibirama SC

NTE Ibirama SC
Divulgando boas ações....

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Ibirama abre as páginas para sediar 3ª FLEITEC

A 3ª edição da Feira da Leitura e das Tecnologias Educacionais traz para a população em geral e profissionais da educação a leitura e as novas ferramentas tecnológicas educacionais.



            Ibirama sedia nos próximos dias 18, 19 e 20 de setembro a 3ª FLEITEC – Feira da Leitura e das Tecnologias Educacionais. O evento acontecerá na sede da 14ª Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Ibirama – SDR e terá como tema “Fiando Leituras...Ler entre Linhas: Leituras e Tecnologias como ferramentas que ampliam o conhecimento”.
            A 3ª edição da FLEITEC terá uma programação variada e interativa. Entre os destaques estão oficinas e cursos voltados a inclusão das Tecnologias Educacionais e a discussão sobre a importância da leitura, espetáculos teatrais e encontros com diversos escritores. Paralelamente as oficinas e cursos acontecem diversas atividades como a Feira do livro, Tenda do Troca-troca literário, Sessão de cineminha, Espaço do Autor com Imortais da Academia de Letras do Brasil – seccional Ibirama, Parede Poética, contação de histórias com o SESC de Rio do Sul, projeto GELATECA da Udesc de Ibirama, Mostra de Informática do IFC Ibirama, entre outros atrativos.
            A FLEITEC é organizada pela Gerência de Educação da SDR de Ibirama, por meio do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) e tem a finalidade de atingir os professores, pais, alunos, bibliotecários, agentes de bibliotecas, profissionais da Educação e cidadãos interessados no tema.   
            De acordo com a Integradora de Ensino Fundamental da GERED da SDR Ibirama, Neusa Ana Slomski Angioletti, "o evento vem contribuir para o fomento de leituras e formação de leitores, oferecendo ainda a inserção das tecnologias educacionais na prática pedagógica. O evento é voltado para todos os apreciadores da leitura e das tecnologias educacionais, não se restringindo a um único público alvo, esperamos pais, alunos, escolas, todos os que tem interesse na boa leitura"
            A SDR de Ibirama fica localizada na Rua Três de maio, número 119, no centro de Ibirama.

Jornalista Samir Ruzza – JP 4694/SC

Fontes para entrevistas:
Amadeu Gonçalves – Gerente de Educação da 14ª SDR Ibirama – (47) 3357 8911
Neusa Ana Slomski Angioletti - Integradora de Ensino Fundamental da GERED da SDR Ibirama – (47) 3357 8926

Rosimeire Jacinto -Integradora de Tecnologia de Informações e Educacionais da GERED da SDR Ibirama – (47) 3357 8939



sexta-feira, 4 de julho de 2014

Projeto Horta na EEF Walter Buss


Projeto Horta

Disciplina: Ciências
O quinto ano da EEF Walter Buss trabalha no cultivo de uma horta na Escola. O projeto tem o intuito de possibilitar a construção da consciência ecológica. Neste projeto, de Ciências, desenvolve-se também o estudo de temas acerca da importância de preservarmos a natureza, bem como entender que os recursos naturais são limitados e, que nossas atitudes interferem diretamente no meio ambiente.
     Objetivos:
  • Aproveitar área vazia da Escola;
  • Compreender que o ser humano é ativo no meio em que vive e que suas atitudes refletem diretamente nele.
  • Capacitar os alunos para plantar, preservar e recuperar áreas verdes na escola e comunidade;
  • Reconhecer a importância de uma alimentação saudável;




terça-feira, 24 de junho de 2014

Oferta de curso no NTE : Elaboração de Projetos


O NTE está ofertando dois polos do Curso de Formação Continuada Elaboração de Projetos no segundo semestre:

Turma 01 - na EEB Semíramis Bosco  em Witmarsum SC com a tutora Tatiana Paduin Bittencurt
Turma 02 - no NTE de Ibirama SC com as tutoras Rosimeire e Neusa

O curso tem como foco o desenvolvimento de projetos com a integração de tecnologias, o curso Elaboração de Projetos (40hs) propicia aos multiplicadores do ProInfo, gestores e professores de escolas o aprofundamento teórico sobre o conceito de projeto e suas especificidades no contexto escolar, bem como a articulação das práticas pedagógicas baseadas em projetos de trabalho com aspectos relacionados ao currículo e à convergência de mídias e tecnologias de educação existentes na escola. O curso Elaboração de Projetos está estruturado em torno de três eixos conceituais, que se integram com a prática pedagógica, durante a realização das atividades propostas ao longo do curso: projeto, currículo e tecnologias. Cada um desses eixos, neste curso, equivalerá a uma unidade.

O período do curso do NTE é de Julho a Outubro/2014, uma vez por mês, datas dos presenciais: 16/07/2014, 13/08/2014, 10/09/2014 e 08/10/2014. O polo de Witmarsum o primeiro encontro é dia 08/07/2014 e os outros encontros serão marcados com os cursistas neste dia.
O curso será ofertado a gestores e professores da rede estadual e municipal da 14ª GERED de Ibirama, este curso é à modalidade semi-presencial, isso quer dizer, metade presencial e outra parte a distância, onde os cursistas tem atividades que deverão ser realizadas a distância e num ambiente virtual (http://e-proinfo.mec.gov.br).
Estão abertas as inscrições para o curso acima citado, quem tiver interesse em participar deste curso deverá preencher a inscrição, assinar, scanear e enviar por e-mail para nteibiramacursos@gmail.com ou entregar diretamente a tutora Tatiana. As vagas são de 30 cursistas cada polo, onde os trinta primeiros inscritos terão a vaga garantida, a resposta será por e-mail no qual o cursista enviou sua inscrição. 
Quaisquer dúvidas liguem no NTE de Ibirama 3357 8926 ou 3357 8939 com Rosimeire e Neusa.
A ficha de inscrição está no site http://www.sed.sc.gov.br/secretaria/documentos/cat_view/161-rh/117-sistematica-de-capacitacao , deverá baixar, preencher e enviar para o e-mail:  nteibiramacursos@gmail.com


sexta-feira, 13 de junho de 2014

Divulgação de novo curso no segundo semestre! Venha você também se qualificar!

Olá queridos professores e gestores escolares! 
É com grande prazer que estamos divulgando mais um curso que será ofertado pelo NTE – Núcleo de Tecnologias Educacionais de Ibirama no segundo semestre, este curso é em parceria com o Ministério da Educação (MEC) E-Proinfo, onde tem a principal função capacitar as escolas para o uso das tecnologias nas escolas. O curso acontecerá em Witmarsum:
1 - Curso de formação continuada Elaboração de Projetos em Witmarsum na EEB Professora Semíramis Bosco, com carga horária de 40hs divididos em 4 meses, tendo 4 encontros presenciais, curso acontecerá de julho a outubro de 2014, primeiro encontro dia 08/07/2014 às 18hs e 30 min até as 22hs, os demais encontros serão combinados no 1º presencial com a tutora. Tutora Tatiana Paduin Bitencourt.




O curso será ofertado a gestores e professores da rede estadual e municipal da 14ª GERED de Ibirama, este curso é à modalidade semi-presencial, isso quer dizer, metade presencial e outra parte a distância, onde os cursistas tem atividades que deverão ser realizadas a distância e num ambiente virtual (http://e-proinfo.mec.gov.br).
Estão abertas as inscrições para o curso acima citado, quem tiver interesse em participar deste curso deverá preencher a inscrição, assinar, scanear e enviar por e-mail para nteibiramacursos@gmail.com ou entregar diretamente a tutora Tatiana. As vagas são de 30 cursistas cada polo, onde os trinta primeiros inscritos terão a vaga garantida, a resposta será por e-mail no qual o cursista enviou sua inscrição. 

Quaisquer dúvidas liguem no NTE de Ibirama 3357 8926 ou 3357 8939 com Rosimeire e Neusa. Estamos esperando por vocês para buscar mais conhecimentos para aperfeiçoar nossas práticas nas escolas: Continua a caber ao professor dois papéis: ajudar na aprendizagem de conteúdos e ser um elo para uma compreensão maior da vida. Se o horizonte é o mesmo, os ventos mudaram de direção. É preciso ajustar as velas e olhar mais uma vez a bússola.” (José Manuel Moran)
A ficha de inscrição está no site http://www.sed.sc.gov.br/secretaria/documentos/cat_view/161-rh/117-sistematica-de-capacitacao , deverá baixar, preencher e enviar para o e-mail:  nteibiramacursos@gmail.com

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Cursistas do salto para o futuro estão elaborando um tratado de formação de leitores!


Os cursistas do Curso de Formação Continuada do Programa Salto para o Futuro das séries Contos e Recontos e Temas Polêmicos da literatura viram um vídeo com pequenas cenas do filme Hércules onde aparece os doze trabalhos de Hércules e depois receberam um resumo destes trabalhos, depois tinham que criar em duplas ações para incentivar a leitura na escola com base nos trabalhos de Hércules.




Texto base:
Doze trabalhos de Hércules
Filho de Júpiter e Alcmena, Hércules, que era um semideus, sofreu desde o seu nascimento as perseguições de Juno, esposa de Júpiter, por causa dos ciúmes que este provocava com seus romances com mulheres mortais. Em uma ocasião, ela enviou duas serpentes para matá-lo, quando ainda estava no berço, mas Hércules as matou com as próprias mãos.
Como não conseguiu matá-lo, Juno fez com que Hércules ficasse sob as ordens de Euristeus e obrigado a obedecê-lo em tudo. Euristeus fez com que ele executasse façanhas perigosas e que ficaram conhecidas como “Os Doze Trabalhos de Hércules”. Tais trabalhos não poderiam ser executados por pessoas comuns, meros mortais. Eles eram os seguintes:
  1. Matar o Leão que apavorava a cidade de Neméia, e levar a pele até Euristeus. Hércules vendo que não conseguia vitória com sua clava ou suas setas matou-o com as próprias mãos. Chegando a frente de Euristeus, este ficou tão assustado com a demonstração de força de Hércules, que ordenou que as próximas provas de vitória fossem feitas fora da cidade.
  2. Havia um monstro, a hidra de Lerna, que devastava a região de Argos e habitava um pântano perto do povo de Amione. O monstro tinha nove cabeças, sendo que a do meio era imortal, sendo que a cada cabeça que Hércules matava, outras duas surgiam em seu lugar. Com a ajuda de seu servo Iolaus, Hércules conseguiu queimar as cabeças e enterrou a nona, a imortal, debaixo de um grande rochedo.
  3. Outro grande trabalho foi a limpeza dos estábulos de Áugias, rei de Élida, que tinha um rebanho de três mil bois, Seus estábulos não eram limpos há trinta anos e Hércules desviou o curso dos rios Alfeu e Peneu, fazendo-os passar por dentro dos estábulos, limpando-os.
  4. Admeta, filha de Euristeus, desejava muito possuir o cinto de ouro de Hipólita, a rainha das amazonas, que era um povo constituído apenas de mulheres e propensas a guerrear. Hércules foi incumbido de buscar o cinto de ouro e assim o fez, com ajuda de alguns voluntários.
  5. O trabalho seguinte foi levar a Euristeus os bois de Gerião, monstro de três cabeças que vivia na Ilha de Eritéia, da qual Gerião era o rei. Depois de uma longa viagem, Hércules chega à fronteira da Líbia e Europa onde, segundo a lenda, abriu uma passagem no meio de uma montanha, dando origem ao Estreito de Gibraltar (canal que separa a Europa da África). Para consegui os bois, Hércules teve de matar o gigante Eurítion e seu cão de duas cabeças.
  6. Outro trabalho foi colher os pomos de ouro das Hespérides, filhas de Héspero. Os pomos eram maçãs dedicadas à Juno, por ocasião de seu casamento e eram vigiadas por um dragão. Com a ajuda de Atlas, titã que fora condenada a sustentar o firmamento nas costas, Hércules conseguiu as maçãs e entregou-as a Euristeus. Alguns estudiosos acreditam que os pomos de ouro eram as laranjas da Espanha.
  7. Precisou, também, caçar a Corsa de Cerínia, um animal lendário com chifres de ouro e pés de bronze. Por causa da grande velocidade com que o animal se locomovia, Hércules demorou um ano para capturá-la e levá-la a Euristeus.
  8. O javali de Erimanto foi outro trabalho ao qual Hércules se viu forçado a executar. Depois de cansá-lo e capturá-lo vivo, levou- até Euristeus, que ao vê-lo sentiu tanto medo que foi se esconder dentro de um caldeirão de bronze.
  9. No lago Estínfalo, com setas envenenadas, conseguiu matar os monstros cujas asas, cabeça e bico eram de ferro, e que, pelo seu gigantesco tamanho, interceptavam no vôo os raios do Sol. Eram as aves do Lago Erimanto.
  10. Outra tarefa era levar o Touro de Creta vivo até Euristeu. O touro era enraivecido e aterrorizava o povo da ilha grega de Creta, pois Poseidon, o deus dos mares, o havia oferecido a Minos, rei local. Hércules não só capturou-o como, montado no animal, levou-o até Euristeu.
  11. Diómedes, rei da Trácia, filho de Ares, possuía cavalos que vomitavam fumo e fogo, e que, por ordem de seu dono, comiam os estrangeiros que as tempestades jogavam em seu país. Hércules, cumprindo mais um de seus trabalhos, entregou-o à voracidade de seus próprios animais.
  12. Por último, foi incumbido de trazer do inferno, o cão Cérbero, que guardava a entrada do mundo das profundezas. Hades, senhor do mundo inferior, autorizou Hércules a levar o cão, desde que o dominasse sem usar nenhuma arma, o que foi feito e, após mostrá-lo a Euristeus, devolveu-o às profundezas. Assim, viu-se satisfeitos os doze trabalhos de Hércules.


 Resultados da produção:

1 - 
DESAFIO: Matar a “indiferença acomodada” de alguns profissionais da educação em relação à leitura. Hércules vendo que não conseguiria vencer a indiferença utilizando-se apenas das suas forças decide matá-la através da conquista de todos os profissionais da escola para o mundo da leitura, sendo estes, os mediadores responsáveis pelo trabalho com a mesma. O primeiro passo é trazer aos professores um palestrante, alguém que goste do mundo da leitura para encantar e motivar os professores. Os que já possuem o gosto pela leitura neste primeiro encontro podem também fazer socialização de leituras. E, uma vez a cada bimestre todos os professores fazem socialização de suas leituras nas reuniões pedagógicas. Para vencer este monstro, essa acomodação, é preciso que haja continuidade nas ações de leitura. E, que estas ações sejam propagadas, difundidas e socializadas.
 
2-
DESAFIO: Existe um monstro “a negação”, que passeia pelos corredores escolares e habita alguns seres. O monstro tem nove estratégias para impedir a propagação da leitura na escola e fora dela. E, uma décima, a pior delas é “o pessimismo”, pois a cada novo adepto conquistado à leitura, o pessimismo lança duas novas estratégias negativas. Para vencer o pessimismo é preciso que haja formação continuada na área de leitura. Cada ano escolar é um novo processo, um novo desafio e, às vezes, são necessárias novas estratégias de trabalho para conquistar novos leitores. Somente com união, com compromisso e participação de todos é possível combater a indiferença e a negação, colocando-as finalmente embaixo de um grande rochedo chamado: “LER É UM PRAZER”. 

3 -
Trabalho: Foi a limpeza dos estabulos de Algias,rei de Élida,que tinha um rebanho de tres mil bois, seus estabulos não eram limpos há trinta anos,e Hercules desviou o curso dos rios Alfeu e Peneu, fazendo-os passar por dentro dos estabulos,limpando-os
O trabalho dos professores seria a limpeza dos livros não lidos, aqueles que são poucos atrativos, e que não chamam a atençao dos alunos.O professor terá a missão quase impossivel, mas possivel,de intigar estes alunos a lerem estes livros que já estão há alguns anos sem passar pela mão de um leitor.
Primeiro de tudo e o que considero essencial é que o professor seja um leitor e este por dentro da historia,de cada livro que for trabalhar,
Então poderá começar dando uma brevia do livro a ser trabalhado,parando numa determinada parte em que os alunos possam se perguntar “-e o que vai acontecer agora?”Fazendo com que fiquem curiosos.Depois poderá haver um debate onde cada um contará uma possibilidade de desfecho da história.E no final só saberam o que realmente aconteceu lendo o livro.
O professor com ajuda do alunos ,juntos podem criar um painel sobre oque eu li hoje! Assim também dando uma brevia do livro ,instigando-os a procurarem esses livros.Fazendo com que os livros não fiquem esquecidos e só acomulando poeira nas estantes da biblioteca.

4 -
Trabalho: Admeta, filha de Euristeus, desejava muito possuir o cinto de ouro de Hipólita, a rainha das amazonas, que era um povo constituido apenas de mulheres e propensas a guerrear.Hercules foi incumbido de buscar o cinto de ouro e assim o fez, com a ajuda de alguns voluntários.
Os professores tem como objetivo,promover a leitura e com a ajuda voluntaria daqueles alunos que já tem este gosto para leitura, ajudem o professor falando dos livros que já leram para seus amigos,pode ser até num final de aula,o aluno apresentará seu livro para classe .Pois para alguns alunos as unicas pessoas que falam algl interessante são seus amigos .E dessa forma, o professor com a ajuda de alguns alunos busquem novos leitores.

5 -
O trabalho seguinte seria que pudéssemos abrir uma passagem para que a literatura ultrapasse os portões da escola, o aluno passaria a ser o mediador de leitura levando para casa um livro para ler com a família e depois dividir a experiência com a classe (aluno+família).

6 – 
Outro desafio é manter o acesso a biblioteca no horário escolar que por muitas vezes se mantém fechada por falta de pessoa disponível e qualificada para esta função, tendo um acesso limitado ao acervo literário. Com ajuda da equipe escolar (professores, diretores) a solução a curto prazo do desafio seria a montagem de cronograma de atendimento, para que nenhum integrante da comunidade escolar se prive da literatura.


7 - e  8 - PERSISTÊNCIA
Tentar sempre, buscando conforme o perfil do aluno, desenvolver atividades diferenciadas que os instiguem a sentir prazer na leitura. Interagindo entre escola e família. Desenvolvendo atividades extras escolares, pois o hábito da leitura, começa em casa e se desenvolve através das oportunidades apresentadas e trabalhadas na escola. A vida escolar é uma longa caminhada e cabe aos educadores florir o caminho, por ondem seus educandos passam. E o melhor aprendizado se ensina com exemplos, e é assim que se ensina com exemplos, e é assim que marcamos nossa história.

9 -
Os monstros são representados por todas as distrações que o aluno encontra no seu dia a dia e que acabam tirando o foco da leitura. Seu principal representante é a tecnologia (face, whatt, msn...) Mas em vez de "cortar o mau pela raiz", ou seja, bloqueando o acesso a eles, nós estaríamos utilizando estes meios para despertar a vontade e o prazer pela leitura. Como??? Criando de grupos de trocas de experiência e/ou conhecimento (on-line), como indicações, oferecendo um estímulo para uma meta diária apresentar vários temas para leitura até que o aluno descubra com qual se identifica mais, desafiá-los para que leiam uma ou duas linhas por dia, aguçando a curiosidade, e quando perceberem, serão leitores e felizes para sempre. 

10 -
Touro = alunos resistentes a leitura
Euristeu = alunos final de ano aprovados
Hércules = professores
Para passar de ano a turma precisa aprender a gostar de ler, ou seja, obter o hábito da leitura, mas uma leitura só se torna proveitosa quando é interessante e prazerosa. A intenção é criar um espaço harmonioso e aconchegante, destinado a leitura e lá oferecer diversos temas e abordá-los de diferentes maneiras. Exemplo: um dia por semana eles terão aula neste espaço e lá, acontecerá brincadeiras, dinâmicas, enfim, atividades que envolvam a leitura, mas de uma maneira não direta. Outra forma será que, em todas as disciplinas os professores também estarão envolvidos neste processo, usando em suas aulas os mais diversos recursos para instigar a vontade e interesse dos alunos para com a leitura.

11 -
Diómedes - Ignorância - aparecia através dos monstros (pessoas incultas)
Hércules - Cultura que mata a ignorância das pessoas incultas
- Dispor de uma pessoa, que antes da aula e durante o recreio, faça a leitura de diversos livros. Os livros contados ficam dispostos sobre as mesas, acessíveis às crianças.  Livros interessantes automaticamente serão procurados pelas crianças.


12 -
Cérbero - o não leitor - sai do inferno (pelo mundo imaginário instigado pelo professor durante a contação de história), após isso o não leitor volta à realidade e pelo desejo de viajar mais pelo imaginário buscará pelos livros dispostos na sala.



quarta-feira, 7 de maio de 2014

Proposta de Release Aluno Integrado 2014


Estão abertas as inscrições para o Curso de Qualificação em Tecnologia Digital do Aluno Integrado. Participe e construa um futuro melhor. O curso, é voltado para você, que é aluno do 1º ou 2º ano do ensino médio da rede pública estadual de Santa Catarina, e é oferecido pela Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com a Secretaria estadual de Educação e o MEC.
O curso foi projetado como uma capacitaçãointrodutório para quem deseja atuar como técnico em informática, especialmente em manutenção de computadores.O curso é totalmente a distância, gratuito e está dividido em quatro módulos, nos quaiso aluno aprenderá sobre educação a distância, história da informática, hardware, manutenção de computadores e sistemas operacionais. O início está previsto para agosto, com duração de quatro meses, e em será preciso realizar atividades presenciais somente nas primeiras aulas, para se familiarizar com o programa e com o ambiente virtual do curso.
Ao final, realizadas todas as atividades, o estudanteganhará um certificado de curso de extensão expedido pela UFSC, Governo de Santa Catarina e MEC, podendo assim iniciar a construção de currículo profissional de excelência.
Acesse o site Aluno Integrado (http://www.alunointegrado.ufsc.br/), clique em INSCRIÇÕES PARA ALUNOSe candidate-se a uma vaga.
As inscrições vão de 12/05/2014 a 30/05/2014.
Conheça mais sobre o curso assistindo aos vídeos disponíveis no nosso canal no Youtube https://www.youtube.com/channel/UCTVIdbY4b01X-EalFi1EYZQ

Curta nossa comunidade no Facebookno endereço https://www.facebook.com/aluno.integrado.9?fref=ts e convide os seus amigos a participarem também.

terça-feira, 6 de maio de 2014

NOVIDADE: Curso do Programa Salto para o Futuro: Literatura e neoleitor. Venha participar!!!




Comunicamos que estão abertas as inscrições para a capacitação do Programa Salto para o Futuro que acontecerá nos dias 22/05, 23/05, 28/05, 29/05, 30/05 e 11/06/ 2014. O tema que será abordado é “Conto, Reconto e Temas Polêmicos na literatura” ”, com carga horária de 40 horas. Convidamos os professores e gestores interessados em fazer esta capacitação que estão em exercício nas Unidades Escolares das redes municipal e estadual. Lembramos que professores e gestores que estiverem em algum tipo de licença não poderão fazer o curso.

O curso será realizado no NTE (Núcleo de Tecnologias Educacionais) de Ibirama/SC na GERED (Gerência de Educação). O horário será de 18:30 h até 22 h, para ter direito ao certificado o cursista deverá apresentar 100% de freqüência e concluir os trabalhos solicitados no decorrer do curso.
A ficha de inscrição está no site http://www.sed.sc.gov.br/secretaria/documentos/cat_view/161-rh/117-sistematica-de-capacitacao , deverá baixar, preencher e enviar para o  
e-mail:  nteibiramacursos@gmail.com
 As vagas são limitadas, serão preenchidas por ordem de chegada no e-mail, você receberá um e-mail respondendo se sua inscrição foi aceita, fique atento aos seus
e-mail.Maiores informações no telefone: 3357 8939 ou 3357 8926 com Rosimeire ou Neusa.
Estamos esperando por vocês!!!!!!!!

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Curso de Formação Continuada Redes de Aprendizagem

O NTE de Ibirama está ofertando o Curso de Formação Continuada Redes de Aprendizagem na cidade de Witmarsum em parceria com a EEB Profª Semíramis Bosco com a Tutora Tatiana Paduin Bittencourt. O primeiro encontro aconteceu no dia 20/03/2014 com a presença da Integradora de Tecnologia de Informações e Educacionais de Ibirama.




Curso de Formação Continuada Introdução à Educação Digital

Aconteceu o Primeiro (18/03/2014) e Segundo (01/04/2014) Encontros do Curso de Formação Continuada Introdução à Educação Digital no NTE. Os cursistas estão conhecendo o novo ambiente virtual de aprendizagem, pois este curso é semi-presencial, metade presencial e outra metade à distância.
O ambiente virtual é do E-ProInfo: http://e-proinfo.mec.gov.br/



terça-feira, 11 de março de 2014

Propostas dos cursos ofertados pelo NTE de Ibirama



CURSO DE INTRODUÇÃO À EDUCAÇÃO DIGITAL – 60 HS:
UNIDADE 1 - TECNOLOGIAS NO COTIDIANO: DESAFIOS À INCLUSÃO DIGITAL
UNIDADE 2 - NAVEGAÇÃO, PESQUISA NA INTERNET E SEGURANÇA DE REDE
UNIDADE 3 - BLOG: O QUÊ? POR QUÊ? COMO?
UNIDADE 4 - ELABORAÇÃO E EDIÇÃO DE TEXTOS
UNIDADE 5 - COOPERAÇÃO (OU INTERAÇÃO?) NA REDE
UNIDADE 6 - COOPERAÇÃO PRESSUPÕE DIÁLOGO
UNIDADE 7 - PROJEÇÃO NA SALA DE AULA
UNIDADE 8 - RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COM PLANILHAS ELETRÔNICAS
São objetivos específicos deste curso promover capacidades e habilidades relativas a:
· Conceituar tecnologia: se mídias digitais, analisando e reconhecendo o impacto, o potencial e a complexidade da sua inserção na prática pedagógica e na vida privada e em sociedade;
· Analisar o papel das redes digitais na promoção dos processos cooperativos de trabalho e aprendizagem;
·       Adquirir competências básicas para o manejo dos recursos mais usuais dos com­putadores.
 UNIDADE 1 - TECNOLOGIAS NO COTIDIANO: DESAFIOS À INCLUSÃO DIGITAL
Iniciar a discussão e aprofundar as reflexões sobre as relações entre escola, tecnologia e sociedade. Imer­são na tecnologia: contato com víde­os, fóruns, páginas web. Escolha do tema e problemati­zação: escolha do grupo e do tema gerador. Comunicação desta escolha através da ferramenta fórum.
UNIDADE 2 - NAVEGAÇÃO, PESQUISA NA INTERNET E SEGURANÇA DE REDE
Problematização, pesquisa, sis­tematização e produção: Busca por referências digitais relevantes ao desenvolvimento do seu tema foco. Detalhar a problematização (reeditar mensagem inicial ) incluindo links das referências encontradas.
UNIDADE 3 - BLOG: O QUÊ? POR QUÊ? COMO?
Problematização, pesquisa, sis­tematização e produção: Criar o blog do Projeto. Incluindo textos já elabo­rados, os links e imagens, fotos pro­duzidas e selecionados pelo grupo.
UNIDADE 4 - ELABORAÇÃO E EDIÇÃO DE TEXTOS
Prosseguindo com o projeto de aprendizagem – continuidade das pesquisas e elaboração dos relatórios. Início da formatação e diagrama­ção do texto do seu relatório de pes­quisa.
UNIDADE 5 - COOPERAÇÃO (OU INTERAÇÃO?) NA REDE
A escrita colaborativa do relató­rio do seu projeto – O uso das fer­ramentas de comunicação digital na produção colaborativa.
UNIDADE 6 - COOPERAÇÃO PRESSUPÕE DIÁLOGO
Divulgação dos resultados: Co­municar via email a criação do blog do projeto para colegas da sua escola. Enviar os documentos já produzidos em anexo aos emails.
UNIDADE 7 - PROJEÇÃO NA SALA DE AULA
            Apresentação dos resultados: preparar a apresentação final do seu projeto de Aprendizagem, buscando um bom design para o seu documen­to hipermídia. O papel das imagens na apresentação de slides.
UNIDADE 8 - RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COM PLANILHAS ELETRÔNICAS
No uso da planilha de cálculo o enfoque será o da instrumentação para o trabalho (cálculo de médias e registro de dados sobre a turma, or­çamentos...) e pequena mensagem para os professores de matemática. Sugerir a possibilidade do seu uso para a gestão do desenvolvimen­to dos trabalhos coletivos (projeto de aprendizagem).

                        

CURSO DE REDES DE APRENDIZAGENS – 40HS:
UNIDADE 1 - CULTURA MIDIÁTICA E ESCOLA
UNIDADE 2 - CULTURA DAS REDES: MAPEAMENTOS FUNDAMENTAIS
UNIDADE 3 - MÍDIAS SOCIAIS E ESCOLA - CAMINHOS PARA A CIDADANIA

O Curso “Redes de Aprendizagem” tem como objetivos gerais:
·         Promover a análise do papel da escola e dos professores frente à cultura digital nesta sociedade altamente tecnificada.
·         Compreender como as novas mídias sociais diversificaram as relações entre as pessoas, e, em especial, como essas mudanças afetaram nossos jovens e se refle­tiram na sua relação com a aprendizagem e com a escola.
·         Compreender o potencial educativo das mídias sociais digitais.

UNIDADE 1 - CULTURA MIDIÁTICA E ESCOLA
Incentivar a reflexão e a busca da compreensão dos fatores que configuram a cultura das nossas crianças e jovens, de modo a nos tornarmos mais afins a uma atuação em conjunto com esses alunos, proporcionando, assim, um uso mais útil e significativo das tecnologias para que eles sejam mais capazes de contemplar seus desejos e necessidades. Iniciar-se na experimentação pessoal de mídias sociais.
UNIDADE 2 - CULTURA DAS REDES: MAPEAMENTOS FUNDAMENTAIS
           Identificar características gerais da cultura contemporânea altamente tecnificada, também reconhecida como cibercultura ou cultura das redes. Reconhecer e aprender a valorizar as aprendizagens que os jovens realizam nos ambientes de mídia social. Avançar na exploração das possibilidades educativas das mídias sociais.
UNIDADE 3 - MÍDIAS SOCIAIS E ESCOLA - CAMINHOS PARA A CIDADANIA
Reconhecer o papel da escola e dos professores na formação de sujeitos capazes de se posicionar de modo crítico e criativo frente às profundas transformações que esta nova era de tecnificação traz consigo. Aprofundar-se na busca da compreensão do potencial e do papel das novas mí­dias sociais para construção de uma sociedade mais solidária e justa. Discutir caminhos e alternativas para uma apropriação crítica e significativa das novas mídias sociais pela escola.